Tormenta de Empadas

Para os que pensam em começar a ler As Crônicas de Gelo e Fogo, preparei um texto especial.

Segue um trecho de uma “Tormenta” para quem quiser conhecer o estilo, hmmm, como direi? Vagaroso, um tanto quanto pornográfico, cheios de comilanças e de imensas árvores genealógicas que George R. R. Martin adora usar em seus livros! Divirtam-se!

 

Prólogo

O Marujo Lopes e sua caravela, a Lamento de São Januário, estão chegando a Westeros. A intenção do gajo é tornar-se o primeiro dono de uma rede de padarias no continente medieval. Portanto, preparem-se para a Tormenta de Empadas. “Agora sim é que vai ser uma verdadeira guerra pelos tronos“. 

 …

Capítulo 2.468: Tyrion

O anão Tyrion Lã Nister® mordiscou um pedaço de lombinho com ervas-finas besuntado na manteiga negra e disse para o poderoso Lorde Twin:
 
– Pai, tem algo que me incomoda aqui…
 
– O que é? – cortou Lorde Twin, enquanto mordiscava um palitinho de queijo Gruyere com figo seco.
 
– Bem… É que… Veja, eu sou o clichê do “feio por fora, bonito por dentro”, além de, supostamente, ser também o mais inteligente do pedaço. Mas, mesmo assim, não consigo explicar isso: Westeros tem 8.000 anos de história, pai!
 
– Sim, mas… E daí? – perguntou o patriarca, agarrado a uma costeleta de vitelo temperada com limão e sálvia.
 
– Oito mil anos, pai! Dava para sair do Baixo Nilo e chegar na lua num tempo desses! Só que nós seguimos aqui, encalhados na era medieval! Como é que pode uma coisa dessas? Não fomos capazes nem de descobrir a pólvora!
 
– Ora, deixe de tolices e prove o empanado de javali, meu filho! E ande logo que o Eunuco Semvarys já está para chegar com as notícias sobre a guerra! Vamos tratar do que é importante!
 
Como que por encanto, o informante dos Lã Nister® apareceu em cena todo esvoaçante. Lorde Twin o cumprimentou e rapidamente perguntou sobre o andamento das batalhas no oeste. O eunuco parecia abatido ao responder:
 
– Infelizmente, senhor, não trago boas notícias. Sor Teio levou suas tropas e arriscou tudo ao tentar cruzar o Vau de Mor…
 
– Ele tentou cruzar o Vau de Mor?!? – Lorde Twin quase engasgou com um pedaço de codorna recheada – Esse confiou demais no seu taco, não acha, Tyrion?
 
– Bom, acho que, pelo menos… Ele tinha um taco para confiar, né, pai? – disse o anão, cutucando Lorde Twin com o cotovelo.
 
Houve uma pausa para risinhos maliciosos. Semvarys, impávido, ficou com uma perfeita cara de tacho afivelada na cabeça, esperando seus chefes se recomporem.
 
Assim que parou de rir, Lorde Twin ponderou:
 
– Sor Teio deveria ter deixado esse trabalho para Sor Tudo!
 
Sor Teio e Sor Tudo eram primos, vassalos dos Lã Nister® porque, quatrocentos anos atrás, Sor Tilégio, cujo escudo era um trevo de quatro folhas verde sobre um fundo rosa, era o tio do primo do cunhado… blá, blá, blá… Esaú era irmão de Jacó, blá, blá, blá, que gerou Abraão, que gerou Noé…. Blá, Blá, Blá… e então casou com a prima da sobrinha de um Lã Nister®.
 
– Agora é tarde para pensar nisso, pai! – disse Tyrion e, na sequência, tentando encontrar algo de bom em que se apoiar, perguntou:
 
– Semvarys! Pelo menos nos diga que temos boas notícias no front leste!
 
 Desculpe, mas a verdade vinda do leste é ainda pior! Sor Vete derreteu quando percebeu a chegada de Sor Rento e seus 278 cavalos!
 
Sor Vete era o sétimo filho do sétimo cunhado da… blá, blá, blá… Dona Canô, mãe de Bethânia, irmã de Caetano, amigo de Gil, pai de Preta… blá, blá, blá… da terceira prima do sogro de um Lã Nister®, portanto, vassalo.
 
Lorde Twin estava nervoso:
 
– Não! Não! Não!!! Mas, pelo menos, Sor Dina e Sor Rateiro apareceram para acudir?
 
– Eles até tentaram, meu Lorde, mas até a retaguarda de Sor Rento estava protegida por airbags!
 
– Tá vendo, pai? Eu disse que provocar o leste era cutucar a onça com vara curta!
 
– Bom, filho, antes cutucar com vara curta do que com vara nenhuma! HAHAHA! Hein? Hein? Que tal essa? Hein? Hein? HAHAHA!
 
Os Lã Nister® ficaram rindo por mais alguns minutos, enquanto o informante, alvo dos trocadilhos, fazia uma cara de couve-de-bruxelas.
 
Enxugando as lágrimas dos olhos, Lorde Twin voltou a falar sério:
 
– Tyrion, perdemos batalhas importantes! Só resta uma opção, que é nos capitalizarmos ainda mais para então contratarmos reforços mercenários.
 
– Mas, pai! Já vendemos toda lã colorida que era possível vender! Não tem mais escudo com figuras exóticas e combinação de cores esquisitas para ser criado. Toda casa já tem seu brasão e até as ovelhas já viraram churrasco nessa altura!
 
 – Ora, Tyrion, assim, com essa falta de visão, você nunca vai me substituir. Não percebe que podemos fazer um bom dinheiro caso nossos ferreiros comecem a preparar elmos com furos na testa?
 
– Elmos com furos??? – as sobrancelhas de Tyrion se ergueram tanto que ele quase deixou de ser anão – Mas… Que raio de ideia é essa?
 
– Pense, anão, pense! Se essa guerralhada toda continuar por mais tempo, será um verdadeiro Festim de Cornos e…
 
– Perdão, pai, acho que o senhor quis dizer “Festim de Corvos”…
 
– Eu sei o que eu quis dizer! É Festim de Cornos, mesmo! Pense! Todos esses Sores longe de seus castelos por meses e meses a fio. Todas essas esposas ao leo… Não tarda muito e Sor Ricardão pinta na área! Não tenho dúvidas! Elmos com furos na testa vão ser a única opção de nossos Sores medievais!
 
Ao pronunciar a última palavra, o ânimo de Lorde Twin arrefeceu um pouco e, franzindo o sobrolho, ele disse:
 
– Alias, falando em medievais, tem algo me incomodando…
 
O anão e o eunuco ficaram em silêncio enquanto o poderoso Lã Nister® meditava. Por fim, Lorde Twin desabafou:
 
– O que incomoda é essa sacanagem de um exército usar airbag em plena era medieval!
 
Foi a vez do eunuco, para surpresa de todos, bater na mesa e gritar:
 
– E sabem o que incomoda a mim, mais do que tudo?
 
Perplexos, pai e filho Lã Nister® ficaram de boca aberta, esperando a conclusão de Semvarys. O informante fez um certo suspense, enquanto pesava as palavras e, por fim, revelou o que lhe afligia:
 
– Sacanagem mesmo foi esse nome que o Meistre Mussum pôs em mim!
 
 
 
Continua em Festim de Cornos
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Livros

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s